Gonorreia

A gonorreia pode afetar homens e mulheres, e é uma doenças sexualmente transmissível (DST). Se você ainda não sabe o que é gonorreia, precisa se informar imediatamente. Leia o artigo e obtenha todas as informações necessárias.

Sintomas da Gonorreia

A forma mais comum de contrair a gonorreia é através do ato sexual, se um dos parceiros está com a doença o outro será infectado na relação sexual, se não usar preservativo. A bactéria gonocco se desenvolve de maneiras diferentes, como nos olhos, no reto, na traqueia e no aparelho urogenital.  Depois que a bactéria se instala no corpo a pessoa começa a desenvolver certos sintomas que são bem característicos da doença. Locais como vagina, reto e uretra são úmidos e quentes, se tornando o local perfeito para o desenvolvimento da bactéria. Porém é importante salientar que a gonorreia não é transmitida apenas através da ejaculação.

Algumas pessoas que contraem a bactéria podem não apresentar sintomas, por isso é necessário ir sempre ao médico e fazer exames para detectar qualquer problema. Caso a gonorreia não seja tratada ela trará complicações.

Nos homens os sintomas da gonorreia são:

– Hemorragias

– Corrimento na uretra;

– Coceira;

– Erupções;

– Ardência ao urinar;

– Movimentos intestinais dolorosos.

Nas mulheres os sintomas da gonorreia são:

– Corrimento na vagina;

– Ardência ao fazer xixi;

– Dor durante a relação sexual;

– Coceira vaginal;

– Escape de sangue vaginal.

É muito importante procurar o ginecologista e realizar exames de rotina, pois apenas 50% das mulheres apresentam sintomas da doença. Quando uma mulher contrai gonorreia ela costuma se localizar no colo do útero de maneira bem silenciosa, sem mostrar sintomas evidentes. Um dos sintomas mais importantes é o corrimento vaginal que pode auxiliar na hora de dar o diagnóstico clínico.

Nos homens é muito comum, que a gonorreia, entre 5 e 30 dias apresente os sintomas, por isso é importante ficar atento aos mesmos para identificar a doença e começar o tratamento assim que o diagnóstico for feito.

Causas da Gonorreia

A Gonorreia é contraída através do ato sexual, por isso ela é conhecida como uma doença Sexualmente Transmissível. A probabilidade de contrair a gonorreia durante o ato sexual é de 50 a 70%. Quando ocorre uma relação sexual sem o uso de preservativo é muito importante fazer a higiene do órgão genital.  Se a relação sexual, sem camisinha ocorrer mais de uma vez, com a pessoa com a doença, as chances de contrair aumentam entre 90 e 100% de acordo com a exposição ao vírus. Pode ocorrer de estourar o preservativo durante a relação e a pessoa não contrair a doença, mas mesmo assim é importante fazer os exames o mais breve possível.

Tratamento da Gonorreia

As pessoas que contraem gonorreia devem procurar um ginecologista, no caso das mulheres, e os homens devem procurar um Urologista para que o médico possa receitar o medicamento adequado para a doença (antibiótico). A forma de usar os medicamentos pode ser via oral ou injetável. A bactéria geralmente é eliminada do organismo em poucos dias ou em algumas semanas.

No caso de recém-nascidos, que o médico está ciente da doença da mãe durante o pré-natal é preciso colocar medicamento nos olhos do bebe, se mesmo assim a doença ainda persistir será preciso tratar o bebe com o uso de antibióticos.

Quantas Estrelas Vale Este Artigo?

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Estrias

As temidas estrias são um problema muito comum, mas que causa muito desconforto, em quem as tem. Uma vez que se instalam na pele fica difícil removê-las. Quer saber mais sobre as estrias e como acabar com elas? Leia o artigo.

Sintomas

As estrias apresentam-se de duas formas, as vermelhas e as brancas. As estrias são marcas deixadas na pele pelo rompimento na derme e epiderme ocasionado quando a pele sofre um estiramento, como na gestação, por exemplo. As linhas se formam aparecendo na pele, quando estão se formando, as estrias, elas podem apresentar sintomas, como coceira e leve formigamento, no entanto, nem sempre mostram os sintomas. É preciso ficar atento à pele para evitar que as estrias se formem.

Causas

As causas do aparecimento das estrias são muitas, mas a mais importante é o fator genético, ou seja, se a pessoa já tem predisposição para o aparecimento de estrias, elas vão aparecer com mais frequência. Se a sua mãe ou o seu pai tem muitas estrias as chances de você ter é muito maior. Porém, outras causas também podem ser o gatilho desencadeador das estrias como o efeito sanfona (engorda e emagrece muito rapidamente), tão conhecido das mulheres, esse é um dos fatores que mais causam o aparecimento das estrias. Outro gatilho propulsor das estrias é o crescimento acelerado, que ocorre geralmente na adolescência.

A gravidez é outra causa de aparecimento de estrias, bem como o uso de anabolizantes, entre outros.  As estrias se classificam em duas, as mais antigas que são da cor branca e as novas, que estão se formando ou que já se formaram que são rosadas, ou púrpura. É importante saber detectar as estrias no início, quando estão se formando para poder tratar. As estrias brancas, que são as mais antigas são difíceis de tratar.

As estrias que aparecem nas mulheres geralmente são nos seios, nas coxas, no abdômen, nos glúteos e nos flancos. Já nos homens as estrias costumam aparecer nas costas, nos braços e nos ombros, principalmente quando fazem musculação em excesso, além do aumento de peso e do crescimento acelerado.

Tratamentos

Você sabe que não tem como evitar o crescimento, por exemplo, ou que a barriga cresça na gravidez, mas você tem como evitar que as estrias apareçam, certo? As estrias ocorrem por causas naturais do organismo, mas para evitar que elas surjam é preciso que o organismo esteja muito bem hidratado bebendo cerca de 2 a 3 litros de água por dia; controlar o peso, também ajuda muito, pois assim você não engorda e não estira a pele e por fim cuidar da pele com cremes hidratantes e massagens circulares para ativar a circulação sanguínea, o que faz com que camadas de tecido epitelial surjam.

Além disso também tem os tratamentos estéticos feitos em clínicas especializadas, que estimulam o colágeno formando as fibras elásticas que cicatrizam de dentro para fora diminuindo as estrias e até mesmo eliminando por completo da pele, mas é importante salientar que o desaparecimento das estrias na pele só é possível nas que são rosas ou púrpura, as estrias brancas dificilmente sumirão.

Envelhecimento precoce

Muitas pessoas sofrem com envelhecimento precoce e acabam culpando o tempo por ele, mas na verdade o envelhecimento precoce tem muito a ver com a nossa alimentação, com a forma de vida e o sedentarismo. Veja como você pode identificar e evitar o envelhecimento precoce.

Sintomas

Os sintomas do envelhecimento precoce podem aparecer de várias maneiras, principalmente na pele do rosto. Não importa a idade que você tenha, pois seu comportamento e aparência podem revelar uma idade muito mais avançada, o que chamamos de envelhecimento precoce. Os sintomas do envelhecimento precoce surgem na pele e deixam a pessoa, homem ou mulher, com aparência muito mais velha do que sua idade cronológica. Os primeiros sintomas são linhas de expressão ao redor dos olhos, os chamados pés de galinha e as manchas escuras que começam a aparecer, além dos cabelos brancos.

Todos esses são sintomas que estão ligados ao envelhecimento precoce, às vezes eles aparecem de forma mais rápida do que deveriam deixando a aparência envelhecida.

Causas

As causas do envelhecimento precoce, que mais pesa é a genética, depois vem as outras que são provenientes do cotidiano e da forma de vida que as pessoas levam, como por exemplo:

Sedentarismo – o sedentarismo é um problema sério, que além de a pessoa envelhecer, mais rápido, às células do organismo também vão se deteriorando promovendo o envelhecimento e o aparecimento de doenças como, diabetes, hipertensão, artrose, entre outras doenças de velho;

Má alimentação –  ter uma alimentação equilibrada mantém o organismo e as células jovens por muito mais tempo, se você não se alimenta de forma correta consumindo frutas, legumes, verduras e tomando a quantidade de água necessária por dia, envelhecerá antes do tempo;

Estresse – esse é o maior problema para o envelhecimento precoce, uma vez que o estresse acaba com o organismo como um todo. Junto com o estresse vem problemas cardíacos, depressão, irritabilidade, isolamento, entre muitos outros que fazem a pessoa ficar mais velha, muito mais rápido;

Falta de cuidados com a pele – a maioria das pessoas esquecem ou não tem o hábito de usar cremes hidratantes e com proteção UVA e UVB para prevenir danos causados pela exposição ao sol. A poluição e o vento também contribuem para o envelhecimento da pele antes do tempo.

Tratamentos

Para evitar o envelhecimento precoce é preciso tomar certos cuidados, como:

– Ter uma alimentação equilibrada, ou seja, consumir menos sódio, colocar mais alimentos coloridos no prato, como legumes e verduras variados para que cada alimento possa agir com todas as suas propriedades no organismo. Ingerir mais alimentos com vitamina C, vitamina A e colágeno, auxiliam na aparência da pele deixando-a mais jovem;

– Praticar atividades físicas é fundamental, pois é preciso eliminar as toxinas do organismo e isso só é possível através das atividades físicas. As atividades também aliviam o estresse melhorando a aparência tornando o dia a dia mais tranquilo;

– Cuidados com a pele são prescindíveis, se você tiver uma alimentação equilibrada, praticar atividades físicas e usar filtro solar com proteção UVA e UVB, com certeza vai ter uma pele mais firme, sem manchas e com aparência jovem.

É importante salientar que você pode mudar a aparência da sua pele, deixa-la mais jovem apenas com alguns cuidados, mas caso isso não seja possível poderá apelar para tratamentos mais eficazes e direcionados à pele com auxílio de uma Dermatologista.