Latam, Azul – Passagens aéreas nacionais podem ser mais baratas que as de ônibus

Nos últimos dez anos, o volume de passageiros nos aeroportos brasileiros quase triplicou. No mesmo período, houve redução de 6% na procura pelos ônibus interestaduais.

Essa combinação de preço mais em conta e agilidade nas viagens aéreas vem mudando o perfil do transporte de passageiros no Brasil. Dados da Confederação Nacional dos Transportes mostram que o número de passageiros de avião já chega a 100 milhões por ano, enquanto 75 milhões ainda preferem usar os ônibus.

A equipe nossa pesquisou os preços de passagens aéreas e de ônibus em duas das principais rotas brasileiras. Compradas com antecedência, a diferença de preços é pequena. A passagem mais barata de avião no trecho Rio-São Paulo para daqui a um mês, com as taxas incluídas, sai por R$ 96,47. A de ônibus pode custar R$ 89,64. Já de Brasília a Belém, a passagem aérea fica em R$ 221,55. O mesmo trecho, de ônibus, sai por R$ 288,85.

Mas é importante ficar atento à variação dos preços. Na semana passada, a Agência Nacional de Transportes Terrestres autorizou um reajuste de quase 7% nas passagens de ônibus interestaduais e internacionais. E as passagens aéreas já aumentaram. De acordo com o IBGE, em setembro, subiram 16%.

Para o professor de economia José Kobori, ainda vale mais a pena ir de avião, mas só se a passagem for comprada com antecedência. “Quando você deixa para comprar muito em cima da hora, o preço da passagem de avião realmente fica muito mais caro do que a de ônibus”, ressalta José Kobori, professor do Ibmec.

Quantas Estrelas Vale Este Artigo?

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)

Loading...

Talvez você se interesse por:

Este artigo foi lhe útil? Clique no G+1. É muito importante para nós!